A cidade de Volta Redonda surgiu a partir da fundação da Companhia Siderúrgica Nacional, em 9 de abril de 1941, componente fundamental da política nacional-desenvolvimentista do governo Getulio Vargas. A partir da instituição da usina, a localidade se vinculou umbilicalmente aos projetos estatais de desenvolvimento e foi perpassada por relações entre dinâmicas de escala global, nacional e local. Fruto desse processo, o movimento sindical teve papel central na organização das lutas por direitos dos(as) trabalhadores(as) articulando-se de forma criativa com outros setores sociais como as organizações de esquerda, a Igreja católica e, mais recentemente, movimentos ambientalistas, entre outros. As históricas greves dos anos 1980 e o processo de privatização da usina nos anos 1990 foram e continuam sendo objeto de reflexão e um campo em disputas. Tal singularidade tem atraído os olhares de analistas de diversas áreas de conhecimento ao longo dos últimos 75 anos, o que faz da “cidade do aço” uma das localidades industriais mais pesquisadas do Brasil. No âmbito das Ciências Sociais e da História há grande número de estudos sobre os mais diversos temas, nos quais se destacam as relações entre a cidade, a usina e seus trabalhadores. “75 anos de aço”, a partir de uma perspectiva que entrelaça passado e presente, objetiva estimular o debate acerca de diferentes períodos históricos, tendo como destaque a relação entre as lutas operárias e os movimentos sociais, ontem e hoje. Para tal, convidamos todas e todos a discutirem os resultados das investigações mais recentes da Comissão Municipal da Verdade Dom Waldyr Calheiros, as novas abordagens sobre o contexto dos anos 1980 e a situação atual dos movimentos sociais da cidade.

14h às 17h – Mesa Redonda

“Ditadura e Repressão aos trabalhadores e aos movimentos sociais” – Marcos Aurélio Gandra (Comissão Municipal da Verdade de Volta Redonda)

“Novo” Sindicalismo e as greves operárias – Eduardo Ângelo (UFRRJ)

“Volta Redonda e os desafios contemporâneos” – Henri Nícholas Coutinho (Fórum Demissão Zero)

“Privatização e Reestruturação Produtiva” – Raphael Lima (UFF-VR)

“Volta Redonda e a CSN no acervo do CPDOC” – Regina Luz (CPDOC-FGV) Comentadora: Jessie Jane Vieira de Sousa (UFRJ)

17h – Lançamento dos vídeos sobre Violações aos Direitos Humanos em Volta Redonda, produzidos pela UFF-VR

Apresentação dos vídeos e do Centro de Memória do Sul Fluminense Genival Luiz da Silva – Ana Paula Poll (UFF-VR)

 

Data e local:
29 de abril de 2016 às 14:00h
Praia de Botafogo, 190 – Botafogo, Rio de Janeiro

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.