Em meio à onda revisionista e negacionista que o país vive no atual contexto político com relação ao período da ditadura civil-militar, o tema dos direitos humanos ganha ainda mais relevância, dentro e fora da universidade. As investigações impulsionadas pelos trabalhos das comissões da verdade vêm se desdobrando em estudos e atividades que buscam garantir o direito à verdade e à memória da população brasileira a respeito de seu passado autoritário, bem como estimular a reflexão em torno das permanências da violência de Estado no período democrático.

Se os direitos humanos constituem o principal desafio do século XXI, a classe trabalhadora e os mundos do trabalho continuam sendo alvos centrais das políticas neoliberais que, agora mais do nunca, ameaçam direitos trabalhistas há muito conquistados através da luta dos trabalhadores e trabalhadoras.

No sentido de aprofundar a interação entre pesquisas voltadas a esse campo de estudos, o Centro de Memória do Sul Fluminense Genival Luiz da Silva (CEMESF/UFF), o Grupo de Pesquisa Desenvolvimento Econômico no Sul Fluminense (GEDESF/UFF), o Núcleo Desenvolvimento, Trabalho e Ambiente (DTA/UFRJ) e o Laboratório de Estudos dos  Movimentos Sociais e Mundos do Trabalho (LEMT/UFRJ) convidam a todos e todas a participar do II Seminário Memória, Trabalho e Direitos Humanos. O evento ocorrerá entre os dias 29 e 30 de maio de 2019, no Instituto de Ciências Humanas e Sociais da UFF- Aterrado.

Comissão Organizadora: Alejandra Estevez, Ana Paula Poll, Raphael Lima e Sabrina Moura Dias

Equipe de apoio: Ana Carolina Miranda, Ana Clara Matias Rocha, Eliana Gonçalves de Souza, Gabriela Rangel Bondezan, Luiz Ricardo Candido Landim, Stella Mendes de Castro Reis e Tamara Anita Alves Lima Marques

PROGRAMAÇÃO

Dia 29/05

17h-21h – Mesa 1: Ditadura e Mundos do Trabalho

Faces pouco visíveis da repressão no campo: reflexões a partir do estado do Rio de Janeiro – Leonilde Medeiros (CPDA/UFRRJ)
Ditadura militar e a luta pela terra na Amazônia: as diferentes gramáticas da mobilização camponesa – Marcelo Carneiro (UFMA)
O Novo Trabalhismo e as estratégias de repressão durante a ditadura militar – Heliene Nagasava (CPDOC/FGV)
Empresariado, ditadura e repressão no Brasil: o caso dos empreiteiros de obras públicas – Pedro Campos (IH/UFRRJ)
Mediação: Alejandra Estevez

Dia 30/05

10h-12h – Jornada interna de pesquisa 13h30-15h30 – Jornada interna de pesquisa. Troca entre as pesquisas desenvolvidas no âmbito do CEMESF/UFF, GEDESF/UFF, DTA/UFRJ e LEHMT/UFRJ

16h-18h30 – Mesa 2: Trabalho e Desenvolvimento: questões emergentes

Trabalhadores de TI em PE: perfil sócio-profissional e índice de participação política – Roberto Véras (UFPB)
Sob o domínio da ordem econômica: a Inspeção do Trabalho brasileira depois  do fim do Ministério do Trabalho – Luiz Felipe Monsores (TRT-VR)
Mediação: Sabrina Moura Dias (UFF-VR)

19h – Conferência de encerramento: Mundo do trabalho, ação sindical e o debate sobre resistência – José Ricardo Ramalho (UFRJ)

JORNADA INTERNA DE PESQUISA

DIA 30/05

10h-12h – Jornada interna de pesquisa

Marcio Moisés de Souza Barbosa (doutorando PPGSA/UFRJ) – A construção de um mercado de trabalho temporário nos “paradões”: o caso das paradas de manutenção nas Usina Presidente Vargas em Volta Redonda
Rafael José Abreu de Lima (PPGS/UFF) – Desterceirização na CSN: um estudo sobre a CBSI
Lucas do Amaral Afonso (mestrando PPGS/UFF) – Um projeto político  e empresarial de desenvolvimento: as relações entre empresas e políticos na construção do distrito industrial de Itapetininga – SP
Yasmin Getirana (mestranda PPGHIS/UFRJ) – Associações de Trabalhadoras Domésticas durante a Ditadura Militar brasileira
Ana Paula Poll (Professora CEMESF/UFF)

13h30-15h30 – Jornada interna de pesquisa

Carlos Henrique Moraes dos Santos (mestrando PPGS/UFF) – Relações  Trabalhistas e Sindicais em meio à Nova Razão do Mundo: neoliberalismo no Sul Fluminense
Maíra Sertã Mansur – Doutoranda (PPGSA/UFRJ) – Corporações transnacionais (CTNs) e shareholder value na mineração: o caso específico da estratégia financeira da Vale S.A.
Raffaele Calandro (doutorando PPGSA/UFRJ) – Relações de Trabalho e Dinâmicas Institucionais: o caso da Volkswagen Caminhões e Ônibus e da Renault-Nissan- Mitsubishi no Sul Fluminense
Isabelle Pires (doutoranda CPDOC/FGV) – Queremos lutar para honrar o nosso trabalho”: mundos do trabalho, lutas por direitos e relações de gênero no primeiro governo Vargas (1930-1945)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.