Livros de Classe #04: Trabalho, lar e botequim, de Sidney Chalhoub, por Fabiane Popinigis

No quarto vídeo da série, Fabiane Popinigis, professora da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) apresenta Trabalho, lar e botequim, de Sidney Chalhoub. Publicada em 1986, a obra inovou conceitualmente e metodologicamente ao trazer para o centro da narrativa o cotidiano de homens e mulheres comuns.

Livros de Classe

Os estudantes de graduação são desafiados constantemente a elaborar uma percepção analítica sobre os diversos campos da história. Nossa série Livros de Classe procura refletir justamente sobre esse processo de formação, trazendo obras que são emblemáticas para professores/as, pesquisadores/as e atores sociais ligados à história do trabalho. Em cada episódio, um/a especialista apresenta um livro de impacto em sua trajetória, assim como a importância da obra para a história social do trabalho. Em um formato dinâmico, com vídeos de curtíssima duração, procuramos conectar estudantes a pessoas que hoje são referências nos mais diversos temas, períodos e locais nos mundos do trabalho, construindo, junto com os convidados, um mosaico de clássicos do campo.

A seção Livros de Classe é coordenada por Ana Clara Tavares, Julia Chequer e Mariana Alves.

LEHMT

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

Vale Mais #14: Trabalhadores do sal

qua set 1 , 2021
Vale Mais é o podcast do Laboratório de Estudos de História dos Mundos do Trabalho da UFRJ, que tem como objetivo discutir história, trabalho e sociedade, refletindo sobre temas contemporâneos a partir da história social do trabalho. O episódio #14 do Vale Mais é sobre Trabalhadores do sal. Este é o sexto episódio da segunda temporada de Vale Mais, o podcast do site do LEHMT-UFRJ. Nesta temporada, conversamos com recém doutores/as no campo da História Social do Trabalho sobre seus temas de pesquisa e processos de elaboração de suas teses. Neste episódio, entrevistamos João Henrique de Oliveira Christovão, doutor em História, Política e Bens Culturais pelo CPDOC/FGV, professor das redes públicas municipal de Cabo Frio e do Rio de Janeiro, além de ser pesquisador do LEHMT-UFRJ. Em dezembro de 2020, João defendeu a tese "Trabalhadores do sal: organização sindical e lutas sociais nas salinas cabo-frienses - 1940/1974", sob orientação de Paulo Fontes e Ynaê Lopes dos Santos. A pesquisa analisou os trabalhadores e trabalhadoras das salinas em Cabo Frio, entre as décadas de 1940 e 1970, abordando os processos de constituição das identidades dos salineiros, com destaque para as articulações entre classe, raça e gênero. João enfatiza que os salineiros ocuparam um papel fundamental nas lutas por direitos políticos e trabalhistas, bem como na construção do espaço urbano cabofriense. Dica da entrevistado: Para entender uma fotografia - John Berger (livro) Produção: Heliene Nagasava e Larissa Farias  Roteiro: Heliene Nagasava e Larissa Farias  Apresentação: Larissa Farias 
%d blogueiros gostam disto: