Chamada de Trabalhos

O Laboratório dos Mundos do Trabalho e Movimentos Sociais da Escola de Ciências Sociais da Fundação Getulio Vargas (CPDOC/FGV), o Departamento de História da PUC-Rio e o Instituto Multidisciplinar da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro têm o prazer de convidar todos os pesquisadores e pesquisadoras interessados em submeter propostas de trabalhos originais, fundamentados em pesquisas empíricas, debates teóricos e metodológicos e balanços da literatura especializada que possibilitem o diálogo entre estudiosos dedicados ao tema dos mundos do trabalho e ditaduras. O I Seminário Internacional Mundos do Trabalho e Ditaduras no Cone Sul ocorrerá entre os dias 14 e 16 de outubro de 2015 no Rio de Janeiro e pretende iluminar as múltiplas e variadas ações e experiências da classe trabalhadora durante o período autoritário no Cone Sul latino-americano (Brasil, Argentina, Chile, Uruguai e Paraguai), na segunda metade do século XX.

Para além de refletir sobre os processos de resistência e construção de alternativas políticas, o seminário procurará avaliar os mecanismos de controle, monitoramento, perseguição e violência voltados contra os trabalhadores(as), bem como as formas de criação de consensos e incorporação por parte dos regimes autoritários. Interessa igualmente analisar as transformações sociais, econômicas e culturais daqueles anos e seus impactos na vida cotidiana dos trabalhadores e trabalhadoras. Considerando perspectivas transnacionais e comparativas, convidamos os participantes a focar suas atenções nas conexões, interações e processos comuns compartilhados na região.

O seminário contará com três mesas redondas: 1- Trabalhadores e historiografia das ditaduras, 2- Resistências, consensos e colaborações: trabalhadores nas ditaduras, 3- Empresas, empresários e os mundos do trabalho nas ditaduras com convidados de vários países com reconhecida expertise nas discussões sobre a temática.

A presente chamada de trabalhos selecionará 32 apresentações que irão compor 8 sessões coordenadas. Abaixo, sugerimos alguns eixos temáticos, de forma alguma exclusivos:

  • Os golpes militares e os(as) trabalhadores(as)
  • Movimentos sindicais
  • Prisões, torturas, mortes e desaparecimentos de trabalhadores urbanos e rurais
  • Greves e movimentos de resistência
  • Relações entre militares, empresários e a classe trabalhadora
  • Ditadura, Estado, atores sociais e os múltiplos discursos sobre o trabalho
  • Transformações na legislação e nas políticas trabalhistas
  • Ditaduras, transformações socioeconômicas e os mundos do trabalho
  • Raça, gênero e os(as) trabalhadores(as) nas ditaduras
  • Vida cotidiana, cultura, sociabilidades e os mundos do trabalho
  • Responsabilização empresarial
  • Biografias e classe trabalhadora
  • Redemocratização e trabalhadores(as)
  • Justiça de transição e os(as) trabalhadores(as)

Cronograma

Submissão de trabalhos: até 31 de julho de 2015.
Divulgação dos trabalhos aceitos e orientações para envio de texto completo: 18 de agosto de 2015.
Envio de texto completo: 18 de setembro de 2015.

Inscrições através da página http://cpdoc.fgv.br/lemt-trabalho-e-ditadura/inscricao
Serão solicitados o título, resumo da comunicação de até 250 palavras, bem como o nome completo, afiliação e endereço de correio eletrônico do(a) proponente.

Uma taxa de inscrição no valor de 80 reais será cobrada dos trabalhos aprovados.

Em caso de dúvidas, entre em contato com a comissão organizadora:
Alejandra Estevez – CPDOC/FGV (alestevez83@gmail.com)
Jean Rodrigues – IM/UFRRJ (jeanrodrigues5@yahoo.com.br)
Larissa Rosa Corrêa- PUC-Rio (larissarosacorrea@hotmail.com)
Paulo Fontes – CPDOC/FGV (paulo.fontes@fgv.br)