Artigo “A História Social do Trabalho na sala de aulaArtigo” – Claudiane Torres, Luciana Wollmann e Samuel Oliveira


Claudiane Torres, Luciana Wollmann e Samuel Oliveira, integrantes do LEHMT-UFRJ, publicaram o artigo “A História Social do Trabalho na sala de aula” na revista Ciência Hoje (edição de setembro de 2022, nº 391).
O artigo analisa os esforços realizados pela seção Chão de Escola, coordenada no site do LEHMT-UFRJ pelos autores, para promover um ensino de história crítico e atento à renovação das análises do mundo do trabalho. De periodicidade mensal, a seção completou dois anos e oferece uma série de seqüências didáticas e entrevistas.
Link: https://cienciahoje.org.br/artigo/a-historia-social-do-trabalho-na-sala-de-aula/

LEHMT

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

Vozes Comunistas #16: Manoel Ferreira de Lima

qui nov 17 , 2022
Vale Mais é o podcast do Laboratório de Estudos de História dos Mundos do Trabalho da UFRJ, que tem como objetivo discutir história, trabalho e sociedade, refletindo sobre temas contemporâneos a partir da história social do trabalho. “Vozes comunistas” é uma série especial do Vale Mais, podcast do LEHMT/UFRJ. Nessa série homenageamos o centenário do Partido Comunista Brasileiro (PCB) e divulgamos áudios que permitem uma reflexão sobre as fortes e complexas relações entre o partido e os mundos do trabalho ao longo da história do país. A cada quinze dias, um trecho de uma entrevista de antigos sindicalistas, lideranças operárias e camponesas ou mesmo trabalhadores/as de base conta um pouco da história do PCB e sua importância para a história do trabalho no Brasil. Pesquisamos áudios em acervos públicos e particulares de todo o país, que serão apresentados por pesquisadores e historiadores especialistas na trajetória do partido. Em nosso décimo sexto episódio apresentamos trechos de uma entrevista com o líder camponês Manoel Ferreira de Lima. Pernambucano, migrou para o Rio de Janeiro durante a década de 1930 e trabalhou em diversas fábricas têxteis na cidade de Magé, tendo participado da fundação do sindicato local e de diversas lutas operárias. Militante comunista, foi eleito vereador na cidade nos anos 50 . Nesse período, passou a atuar junto aos trabalhadores rurais, tendo fundado associações e sindicatos de lavradores. No trecho que ouviremos, ele fala sobre sua atuação como liderança camponesa e as estratégias de luta pela terra e por direitos no campo. Essa voz comunista é apresentada pela socióloga Leonilde Servolo Medeiros, professora do CPDA-UFRRJ. Projeto e execução: Ana Clara Tavares, Felipe Ribeiro, Larissa Farias e Paulo Fontes Apoio: Centro de Documentação e Imagem da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Agradecemos às instituições e pesquisadores que gentilmente colaboraram com nosso projeto Referência da entrevista: Entrevista Manoel Ferreira de Lima. 1982. Entrevistadora: Leonilde Medeiros. Acervo do Programa de Pós-Graduação de Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.
%d blogueiros gostam disto: