Palestra: Trabalhadores Suburbanos diante da Polícia: Reflexões a partir do Uso do Georreferenciamento Histórico (Rio de Janeiro, 1890-1910)

O Laboratório de Estudos dos Mundos do Trabalho e Movimentos Sociais (LEMT) do CPDOC/FGV convida a todos para a palestra de Cristiane Miyasaka (Unicamp), Trabalhadores Suburbanos diante da Polícia: Reflexões a partir do Uso do Georreferenciamento Histórico (Rio de Janeiro, 1890-1910), com comentários de Andrea Casa Nova (Instituto de História/UFRJ). O evento ocorrerá no dia 22 de outubro (quarta-feira), às 15h no auditório 306, 3º andar.

Cristiane Miyasaka discutirá os resultados de sua pesquisa que envolve o uso do georreferenciamento histórico no âmbito da história do trabalho. Os trabalhadores suburbanos do Rio de Janeiro, seus laços de vizinhança e o controle social empreendido pela polícia, entre 1890 e 1910, foram analisados via o mapeamento das informações espaciais encontradas nos processos criminais por ofensas físicas e nos de contravenção.

Este evento é fruto da colaboração entre o LEMT/CPDOC-FGV, o Núcleo de Pesquisa Desenvolvimento, Trabalho e Ambiente – IFCS-UFRJ, o Projeto Movimentos Sociais e Esfera Pública do Colégio Brasileiro de Altos Estudos da UFRJ, o Núcleo de Pesquisas e Estudos do Trabalho (NUPET-IESP-UERJ) e o Grupo de Pesquisa sobre História Global do Trabalho do IM-UFRRJ.

Cristiane Miyasaka é doutoranda em História Social do Trabalho pela Universidade Estadual de Campinas. Em 2013, realizou estágio de doutorado sanduíche na Stanford University, junto ao Center for Spatial and Textual Analysis (CESTA). Seu livro, Viver nos subúrbios: a experiência dos trabalhadores de Inhaúma (Rio de Janeiro, 1890-1910), ganhou o Prêmio Afonso Carlos Marques dos Santos, concedido pelo Arquivo Geral da Cidade do Rio de Janeiro.
Andrea Casa Nova é professora do Instituto de História da Universidade Federal do Rio de Janeiro e autora, entre outros, do livro Encontros e Despedidas – História de Ferrovias e Ferroviários de Minas (2009).

Dia: 22 de outubro de 2014, quarta-feira, às 15h
Local: Fundação Getulio Vargas, auditório 306, 3° andar
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro

LEHMT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

Palestra: Os mineiros da floresta: modernização, sociabilidade e a formação do caboclo-operário no início da mineração industrial amazônica

qua nov 12 , 2014
O Laboratório de Estudos dos Mundos do Trabalho e Movimentos Sociais (LEMT) do CPDOC/FGV convida a todos para a palestra de Adalberto Paz (Universidade Federal do Amapá), Os mineiros da floresta: modernização, sociabilidade e a formação do caboclo-operário no início da mineração industrial amazônica, com comentários de José Sérgio Leite […]
%d blogueiros gostam disto: