Educação e memória: seguindo os percursos da história

Coleção Fazer Educativo: Educação e memória: seguindo os percursos da história.

Na tentativa de contribuir para uma dimensão mais alargada de direitos humanos e considerando a educação nessa área um instrumento de luta central para o desenvolvimento de uma consciência ética e ativa, calcada nos valores democráticos e de respeito mútuo, este artigo pretende apresentar três propostas didáticas que levam em consideração o espaço da educação formal e informal. As atividades partem do passado histórico da ditadura civil-militar brasileira para problematizar e incidir diretamente na memória coletiva e nos espaços sociais contemporâneos, com os quais todos os cidadãos são obrigados a lidar de forma cotidiana, consciente ou inconscientemente.

ESTEVEZ, Alejandra. “O que a memória da ditadura pode nos ensinar? Três propostas de atividades para uma educação em direitos humanos”. In: ASSIS, João Marcus F (org.). Educação e memória: seguindo os percursos da história. Col. Fazer Educativo. Fortaleza: INESP, 2018.

LEHMT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

Palestra: Nas tramas das identidades: Práticas sociais e imagens do trabalho no corte de cana

qui jun 8 , 2017
O Laboratório de Estudos dos Mundos do Trabalho e Movimentos Sociais (LEMT) do CPDOC/FGV convida para a palestra: “Nas tramas das identidades: Práticas sociais e imagens do trabalho no corte de cana”. Com Jaime Santos JR (UFABC) e comentários de Mário Grynzspan (UFF). O estudo analisa as experiências de trabalho […]
%d blogueiros gostam disto: