Livros de Classe #14: Os andarilhos do bem, de Carlo Ginzburg, por Adalberto Paz

Neste vídeo, Adalberto Paz, professor da Universidade Federal do Amapá (Unifap), apresenta a obra Os andarilhos do bem: feitiçaria e cultos agrários nos séculos XVI e XVII, de Carlo Ginzburg. Lançado em 1966, o livro, assim como seu autor, é importante referência para metodologia de pesquisa histórica de grupos sociais subalternizados.  

Livros de Classe

Os estudantes de graduação são desafiados constantemente a elaborar uma percepção analítica sobre os diversos campos da história. Nossa série Livros de Classe procura refletir justamente sobre esse processo de formação, trazendo obras que são emblemáticas para professores/as, pesquisadores/as e atores sociais ligados à história do trabalho. Em cada episódio, um/a especialista apresenta um livro de impacto em sua trajetória, assim como a importância da obra para a história social do trabalho. Em um formato dinâmico, com vídeos de curtíssima duração, procuramos conectar estudantes a pessoas que hoje são referências nos mais diversos temas, períodos e locais nos mundos do trabalho, construindo, junto com os convidados, um mosaico de clássicos do campo.

A seção Livros de Classe é coordenada por Ana Clara Tavares, Julia Chequer e Mariana Alves.

LEHMT

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Chão de Escola #22: Os trabalhadores e o uso da Justiça do Trabalho durante a ditadura militar, por Paulo Henrique Silveira Damião

qui abr 21 , 2022
Paulo Henrique Silveira Damião Apresentação da atividade Atividade Recursos: Projetor, caixa de som, computador, quadro, fotocópia, caderno. A atividade propõe uma reflexão a respeito dos impactos do autoritarismo da ditadura militar sobre a vida dos trabalhadores, procurando destacar a ação dos trabalhadores na busca por direitos através da Justiça do […]
%d blogueiros gostam disto: