Vale Mais Especial: Entrevista com Elvira Boni – por Ângela de Castro Gomes e Eduardo Stotz

Vale Mais é o podcast do Laboratório de Estudos de História dos Mundos do Trabalho da UFRJ, que tem como objetivo discutir história, trabalho e sociedade, refletindo sobre temas contemporâneos a partir da história social do trabalho.

O episódio #Especial do Vale Mais é uma entrevista com Elvira Boni, realizada por Ângela de Castro Gomes e Eduardo Stotz

Para celebrar o Primeiro de Maio, o Vale Mais reproduziu um trecho da entrevista concedida por Dona Elvira Boni em 1983 para Ângela de Castro Gomes e Eduardo Stotz. O Primeiro de Maio de Dona Elvira é repleto de lutas e cantorias e narra as manifestações desse dia, em 1919, no Rio de Janeiro, realizado numa efervescente conjuntura política e de ascensão das lutas operárias. Elvira Boni narrou o clima festivo e de entusiasmo daquele evento, quando milhares de trabalhadoras e trabalhadores tomaram as ruas do Rio cantando suas palavras de ordem e seus hinos. 
Viva o Primeiro de Maio!

Participação: Ângela de Castro Gomes
Produção: Deivison Amaral, Heliene Nagasava e Larissa Farias
Roteiro: Ângela de Castro Gomes, Deivison Amaral, Larissa Farias e Paulo Fontes.
Apresentação: Larissa Farias 

Referência da entrevista: Entrevista Elvira Boni Lacerda. 5º Entrevista: 02.10.1983. Fita 7-A. Acervo CPDOC/FGV.

Livro: Velhos Militantes: Depoimentos. Ângela de Castro Gomes (coordenadora). Rio de Janeiro: Editora Zahar, 1988.

Vale Mais #15 – Biografia e Militância Feminina Vale Mais

Vale Mais é o podcast do Laboratório de Estudos de História dos Mundos do Trabalho da UFRJ, que tem como objetivo discutir história, trabalho e sociedade, refletindo sobre temas contemporâneos a partir da história social do trabalho. O episódio #15 do Vale Mais é sobre Biografia e Militância Feminina. Este é sétimo episódio da segunda temporada do podcast Vale Mais. Nesta temporada realizamos uma série de conversas com jovens doutores/as no campo da História Social do Trabalho. Eles/as explicam seus temas de pesquisa e processos de elaboração de suas teses. Neste episódio, conversamos com Roger Camacho, doutor pelo Programa de Pós-Graduação em História do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (IFCH-UFRGS). Roger defendeu a tese “Entre lágrimas, sorrisos e muita luta: a inserção das mulheres nos espaços políticos do Brasil por meio das trajetórias de três militantes de esquerda – Lélia Abramo (1911 –2004), Luíza Erundina de Sousa (1934 –) e Irma Passoni (1943 -)”, sob orientação de Benito Bisso Schmidt. Em nossa conversa, Roger enfatiza a importância de evitar generalizações ao estudar os sujeitos históricos. Com um amplo escopo de fontes nosso convidado enfrentou os temas da memória e da escrita de si em um desafio que envolve diversos campos de estudos como gênero, trabalho, religiosidade e história política. Dica da entrevistado: Revolução em Dagenham (filme) Produção: Felipe Ribeiro, Flávia Veras, João Christovão e Larissa Farias Roteiro: Felipe Ribeiro, Flávia Veras, João Christovão e Larissa Farias  Apresentação: Larissa Farias 
  1. Vale Mais #15 – Biografia e Militância Feminina
  2. Vale Mais #14 – Trabalhadores do sal
  3. Vale Mais #13 – Trabalhadores, repressão e transição democrática
  4. Vale Mais #12 – Trabalhadores e Favela
  5. Vale Mais #11 – Trabalhadores livres e escravizados

LEHMT

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

LMT #76: Usina Wigg, Miguel Burnier, Ouro Preto (MG) – Luana Campos Akinruli

qui maio 6 , 2021
Luana Campos Akinruli Doutora em Antropologia pela Universidade Federal de Minas Gerais A importante presença dos trabalhadores na história de Miguel Burnier, distrito de Ouro Preto, Minas Gerais, quase nunca é evidenciada e divulgada. Dispersos na paisagem local existem sítios de vilas operárias, de conjuntos ferroviários e um patrimônio arquitetônico […]
%d blogueiros gostam disto: